segunda-feira, 16 de março de 2009

GIMP: Animais transformando em abstrato


Olá, aqui vamos aprender a transformar animais em desenhos abstratos utilizando brushes diversos com o Gimp.

Antes de começar os seus estudos é importante saber que para efetivamente aproveitar todos os recursos deste novo aprendizado é EXTREMAMENTE necessário que você possua ao menos uma base sólida de como funciona a ferramenta. Caso você seja iniciante não se preocupe, leia com bastante atenção os documentos da minha autoria publicados no OGIMP e você não deverá ter dificuldades em acompanhar este documento.

A primeira coisa a se fazer é ter brushes personalizados no Gimp. Acesse o website http://browse.deviantart.com/resources/applications/gimpbrushes/ e baixe todos os pincéis ( Brushes) que você desejar. A instalação é bem simples, basta descompactar o arquivo dentro da pasta de Brushes do Gimp. O caminho em um ambiente linux padrão é:

file:/home/anna&hellinhell/.gimp-2.2/brushes

A segunda tarefa é escolher o animal que iremos abstratar e modificar de forma criativa sem que o mesmo perca a forma. É recomendável que se pesquise mentalmente o que desejamos fazer com ele. Porém caso a sua criatividade seja elevada o “planejamento” pode ser dispensado.

Abra o animal escolhido no Gimp e coloque-o no modo escala de cinzas (você pode editá-lo com as cores já existentes, porém prefiro trabalhar desta forma já que as cores do projeto irão mudar muito).

Aqui está a imagem já em escala de cinzas do animal a ser modificado no exercício.

Agora crie uma nova camada transparente sobre a imagem do animal, e com os pincéis na cor preta (caso do exemplo) vá desenhando com os Brushes até formar o desenho que sua criatividade ordenar. Lembrando que para o caso de se desejar inverter a posição de um Brush específico é necessária a criação de nova camada e colocar o brush na mesma, em seguida basta posicioná-lo da forma desejada.

Depois que o desenho for concluído é hora de começarmos a mexer com as cores, mas antes é preciso voltar a seleção que colocamos em “escala de cinzas” para “RGB” novamente. Sem este procedimento não podemos adicionar cor ao nosso projeto.

Para agilizarmos a pintura é recomendável mesclar as camadas visíveis já que neste projeto (no exemplo pelo menos) não estaremos trabalhando com áreas específicas de pintura.

Além das cores é possivel adicionar um efeito tridimensional utilizando a ferramenta Degradê sem esforço, veremos esse procedimento opcional agora mesmo antes de adicionarmos as cores.

Selecione a ferramenta de degradê; agora no menu da ferramenta selecione a opção de ângulo atuação da ferramenta, como pode ser visto no exemplo abaixo:

Depois de selecionar a opção desejada também é possivel ajustar a intensidade da ferramenta (opacidade) e em caso de a mesma ser utilizada em uma nova camada, se ela terá os efeitos possíveis de trabalhar com camadas (diferença, multiplicar, etc).

Agora que já setamos todos os ajustes que desejamos, clique em um ponto qualquer da figura e arraste a linha até outro ponto qualquer da mesma para fazer o efeito. Lembrando que o tamanho da reta influencia no efeito, tanto quando a sua posição.

Ainda como efeito adicional pode-se utilizar o valioso efeito “RETINEX” ele fica no menu de filtro de cores, ele pode fazer com que a imagem obtenha um efeito de relevo baixo ou alto, similar ao mapealento de relevo mas com algumas surpresas. Trabalhe um pouco com esta ferramenta e entenderá o que foi dito. Na figura abaixo podemos ver o que o trabalho com este efeito e o degradê produziu até aqui.

Caso você deseje, utilize a ferramenta chamada “COLORIR” para dar uma unica cor ao trabalho sem perder qualidade ou ter de alterar as tonalidades de cor.

Agora selecione a ferramenta “Mapeamento alien 2″ para começarmos a realmente tratar as cores do nosso animal.

Faça quantos ajustes desejar, Não é necessário que o seu animal fique completamente abstrato, a abordagem do exercício é genérica por enquanto, assim, apenas parte será abstrata. No exemplo abaixo vemos o resultado dos ajustes executados com o mapeamento alien 2.

Existem muitos efeitos que ainda podem ser aplicados a este trabalho. Agora fazemos um animal totalmente abstrato de maneira que apenas a sua silhueta será reconhecivel.

Abaixo vemos o animal escolhido.

Como fizemos anteriormente, converta a imagem para a escala de cinzas e faça os desenhos com os pinceis que desejar, depois que terminar reconverta a imagem para a escala RGB. Abaixo podem ser vistos os desenhos feitos no exemplar do animal utilizado.

Agora utilize o Mapeamento alien 2 para darmos vida e cores ao nosso cyber animal.

O menu da ferramenta mapeamento alien 2 pode ser visto a baixo, lembrando que existem inúmeras opções de darmos cor e vida aos nossos trabalhos. Assim sendo não se prenda exclusivamente a esta ferramenta.

E aqui vemos o resultado final do passáro cybernético =]

Bem, chegamos ao fim de mais este pequeno exercício, espero que ele seja util a algum de vocês, até a próxima!

Tutorial testado no Gimp 2.0

Autor: Guilherme (Razgriz) - (hellcomdevØgmail·com)

Um comentário:

  1. Poderia postar a imagem novamente o link esta quebrado...

    ResponderExcluir

Volte Sempre.